///Varejo: para onde seus olhos devem estar voltados para ter um negócio de sucesso?

Varejo: para onde seus olhos devem estar voltados para ter um negócio de sucesso?

2018-08-22T16:41:54+00:00 22/08/2018|EVO|

As empresas varejistas estão passando por um dos momentos mais complexos dos últimos anos. Além da crise financeira que atinge o país desde 2014, o varejo precisa se adaptar rapidamente aos novos comportamentos dos consumidores.

Saber para onde olhar em momentos de mudança é fundamental para que o negócio cresça e obtenha o sucesso esperado. Persistir em estratégias que não vêm alcançando bons resultados é um dos erros mais graves dos varejistas, por isso, é preciso ficar atento às tendências e práticas adotadas pelas grandes companhias.

A seguir, reunimos alguns pontos importantes que os varejistas devem olhar com atenção para atrair seus clientes, ampliar as vendas e conquistar o sucesso. Não perca!

Tenha propósitos claros e bem definidos

Saber o motivo pelo qual a empresa existe e qual o objetivo dela no mercado é essencial para traçar voos mais altos. Mas, apesar de ser essencial para a criação da companhia, muitos varejistas não têm esse ponto bem definido e isso compromete o seu crescimento e posicionamento no mercado.

Segundo a teoria do Círculo Dourado de Simon Sinek, as marcas mais bem-sucedidas no mercado são aquelas que, antes de tudo, têm um propósito claro, sabem por que elas existem e qual o papel devem desempenhar. Por isso, se a sua empresa falha neste ponto, é fundamental direcionar o olhar para os propósitos da marca e colocá-los no centro das operações.

Olhe para o seu portfólio

Geralmente, os varejistas trabalham com uma série de produtos que, juntos, compõem o portfólio da loja. Entretanto, é comum os empresários não analisarem com frequência a efetividade desses produtos. Por exemplo, em grandes lojas há itens que não apresentam uma rotatividade interessante e mesmo assim o time de compras continua adquirindo o produto na mesma quantidade de quando ele gerava boas vendas, o que pode causar prejuízos.

Não olhar com atenção o portfólio da empresa também pode fazer com que a marca deixe de comercializar produtos que os clientes estão buscando, atitude que leva os consumidores para a concorrência. A dica é sempre avaliar o desempenho do mix de produtos, verificar as novidades do mercado e conhecer as necessidades dos clientes.

Assim, o varejo conseguirá oferecer o que o consumidor busca, sem criar um estoque gigante de itens que não possuem uma boa rotatividade e ainda poderá se destacar no mercado como uma empresa antenada nas tendências.

Automatização de processos é segredo para o sucesso no varejo

No início, mencionamos que os consumidores atuais possuem novos comportamentos que impactam diretamente na relação do varejo com o público. Por isso, as empresas que buscam se consolidar no mercado precisam atender as necessidades desses clientes.

Em um mundo em que cada segundo vale ouro, os consumidores que se relacionam com as empresas varejistas esperam encontrar um suporte rápido, assertivo e seguro. Deste modo, a automatização de processos se tornou essencial em todos os negócios deste segmento.

Os robôs de automação integrados a plataformas voltadas para processos que não geram receita são capazes de prevenir fraudes nas operações, conseguem eliminar o acesso dos operadores a informações sigilosas, diminuem os erros na inserção de dados nos sistemas e aumentam o nível de serviço e o desempenho da central.

Os gestores da operação também usufruem dessa automatização, pois conseguem acessar métricas essenciais para manter em dia o ROI (Retorno do Investimento) e a qualidade e agilidade do atendimento prestado ao cliente.

Apresentamos neste artigo dicas para onde os olhos dos varejistas devem estar voltados para que a empresa alcance o sucesso neste mercado cada vez mais concorrido. Se você gostou e quer saber mais sobre o funcionamento dos robôs de automação, clique aqui e conheça todos os benefícios oferecidos pelo EVO, sistema desenvolvido pela Callflex.